Araguari sedia Fórum Regional de Erradicação do Trabalho Infantil

Ação visa o fortalecimento do programa de combate ao trabalho infantil, onde serão debatidas propostas de intervenção com crianças e adolescentes do município

Por Admin 31/10/2017 - 16:03 hs
Foto: Reprodução
Araguari sedia Fórum Regional de Erradicação do Trabalho Infantil
Evento discutirá estratégias para garantir os direitos fundamentais da criança e do adolescente

A prefeitura de Araguari, por meio da secretaria municipal de Trabalho e Ação Social, realiza os preparativos finais para o Fórum Regional de Erradicação do Trabalho Infantil, que acontece no dia 7 de novembro vindouro, das 13 às 17h, no Pica-Pau Country Clube.

Segundo os organizadores, a ação visa o fortalecimento do programa de combate ao trabalho infantil, através da apresentação e do debate de propostas de intervenção com crianças e adolescentes do município.

Apoiado pelo Poder Judiciário e Ministério Público, o Fórum Regional contará com a presença como palestrantes  de Juliana Faleiro de Lacerda Ventura, Juíza de Direito da 2.ª Vara Civil e Diretora do Foro da Comarca de Araguari e Coordenadora do CEJUSC (Centro Judiciário de Solução de Conflitos Cidadania); Felipe Gomes de Araújo – Promotor de Justiça da 7.ª Promotoria de Justiça, responsável pela Defesa da Infância e Juventude e Execução Criminal; e de Maria Regina Basílio Teodoro dos Santos – psicóloga, escritora, cantora e professora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro e da Universidade de Uberaba.

Durante o evento, em espaço aberto para a troca de ideias e experiências, serão discutidas propostas, bem como a definição de estratégias e construção de consensos entre governo e sociedade civil para o enfrentamento ao trabalho infantil no município.

Segundo os organizadores, as estratégias definidas no Fórum terão como objetivo garantir os direitos fundamentais da criança e do adolescente através da sensibilização, mobilização e articulação dos agentes institucionais governamentais e da sociedade civil para prevenir e erradicar todas as formas de trabalho infantil e assegurar sua proteção.

Participarão do evento o Conselho Tutelar, Comissariado de Menores, Conselho de Garantia de Direitos, Rede Intersetorial, Servidores da proteção Básica (CRAS) e Especial (CREAS), Representantes de Instituições e pessoas da sociedade sivil que sejam voltadas para a garantia dos direitos da criança e do adolescente e que manifestem seu interesse em integrá-lo e de cumprir suas finalidades.